Cultura

Caro Fritz, limite-se ao seu pulmão!

 

Não, isso não é um post anti-tabagismo…. é um post anti-falta de respeito daqueles que fumam em locais fechados!

Esta revolta vem à tona agora, pois aqui na Alemanha nada mais nada menos do que 25% da população (20 milhões) é adepta ao tabagismo e não existe lei que proiba os “Fritz” de fumar em locais fechados.

Me orgulho do Brasil em ocasiões como esta, onde demos um passe à frente desde 1950 quando foi instituida a Lei 3.938 que proibiu o ato de fumar em locais fechados em São Paulo (ok… nada é perfeito… lei que não se cumpre não deveria dar tanto orgulho…)! Além disso, tem uma das mais modernas legislações antifumo do mundo, limitando o teor de nicotina em 1,0mg por cigarro (EUA 1,9mg).

Em 2003 foi acordado e ratificado por 141 países, o Controle de Tabaco da Organização Mundial da Saúde (OMS). O que isto quer dizer? Quer dizer que o mundo está consciente de que é necessário conter o tabaco e muitos países (inclusive o Uruguai) já estão adotando desde então medidas severas para conter o aumento de fumantes ativos e passivos.

Mas na contra-mão do MUNDO está nossa querida e velha Alemanha! Não toda a Alemanha, porém boa parte de seus estados. E é ai que está o problema! No regime federalista alemão, a incumbência de legislar sobre a proibição do ato de fumar em locais públicos é dos Estados. E é ai que literalmente “a porca torce o rabo”!

Hoje existe uma forte corrente buscando tornar esta postura de não fumar em locais fechados obrigatória em toda europa e nosso papel é torcer para que essa corrente se transforme em uma Tsunami que apague e arraste esta peste do mundo!

Já consumi cigarro… sempre quando queria inconscientemente me punir pela minha postura ou pela minha fraqueza ou pelo meu descontentamento e frustração! Quando estou bem comigo mesma, como hoje, ele deixa de fazer sentido e é substituído pelo seu antídoto…. a VIDA !!! 

[pinit count="vertical"]

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório