Cultura

CULTURAS E DEFINICOES – Carnaval no Brasil

Se alguém me pergunta hoje do que mais sinto falta do Brasil vou dizer: “Em primeiro lugar das pessoas, em segundo lugar das frutas e em terceiro lugar, sem a menor sombra de dúvida, do NOSSO Carnaval.”

E é por isso, porque AMO carnaval, que decidi escrever sobre ele. Carnaval é MUITO mais do que a maioria dos folioes imagina. A definicao da palavra “carnaval”, segundo quem diz que manja, vem do grego e signifca “adeus à carne” e, segundo li, carne aqui se refere nao só a carne comida, mas também sobre a carne que “peca” (pecados da carne, lembra?). Pois é, me parece que ninguém acreditou nisso e, pior, acho que traduziram no sentido oposto, ou seja, “coma TUDO que é de carne”. (((-:

Eu pensei em comecar falando sobre as origens e tal, mas decidi primeiro escrever sobre o que EU acho do NOSSO carnaval, independente de onde ele tenha vindo. O Carnaval do Brasil é lindo, é tradicao de família, é mágico, é fantástico! E eu ODEIO quando ele é SÓ relacionado com nudez e putaria, pois ele NAO É ISSO!

Carnaval no Brasil só acontece porque tem muita gente trabalhando pra que ele aconteca e permaneca. Os carnavalescos trabalham o ano inteiro e eu sei disso, pois já participei disso. Trabalham dia após dia e muitos sem receber nada em dinheiro. Trabalham por amor, por paixao. Treinam muito, dormem pouco e se divertem sempre e com tudo. Brigam muito também, pois o trabalho é estressante. Tem que estar tudo perfeito e em harmonia. Fazem isso por que amam e fazem isso para você, pra mim, pra todos. Eles nao estao brincando, pois o carnaval no Brasil é uma competicao e, pra vencer, tem que ser o melhor. Pra ser o melhor, tem que trabalhar muito. Tem que ser criativo, responsável e apaixonado. Vocês já prestaram atencao nos sambas-enredo? Sao escritos quase sempre por descendentes afro-brasileiros de pele morena/negra, aqueles mesmos que sao frequentemente marginalizados e subjulgados. Aqueles que muitos já relacionam com falta de estudo e de educacao. Agora eu pergunto: “Você escreveria melhor? Você pesquisaria tanto sobre um tema e transformaria de uma forma tao mágica esse tema sério em melodia carnavalesca? Você conseguiria usar um vocabulário tao rico e diverso?”. Pense nisso. Eu? EU NAO CONSEGUIRIA FAZER MELHOR. Nao mesmo. A cada novo samba-enredo da Gavioes eu aprendo uma nova palavra do nosso tao rico e inexplorado português. Acredita? Pois é.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=reJ9ZzLfbIo&feature=related]

E tem, é lógico o carnaval da Bahia. Pra quem gosta de bagunca lá é o seu lugar e é também o maior carnaval de rua do mundo! Dá-lhe Bahia!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cxgomdwxmZ0&feature=related]

Tem também o carnaval sem competicao, o chamado “carnaval de rua”. E em cada estado ele se apresenta diferente, baseado na cultura local e mostra uma infinidade de cores e uma criatividade e paixao nao menos surpreendentes do que os carnavais brasileiros mais popularmente conhecidos.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Sti4NndqHmc&feature=related]

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=aKoGDvjoKCg&feature=related]

Mas a confusao conceitual comeca quando alguns críticos, principalmente no estrangeiro, focam no fato de que no carnaval competitivo tem mulher semi-nua (ou nua) desfilando na avenida. Tem mulher semi-nua sim, mas e daí? Nao é justo que isso anule todo esse trabalho. Nao é justo que o carnaval do Brasil seja resumido à isso, tanto no Brasil, quanto no exterior. Isso me irrita e é muito! Um dia vi na TV aqui na Alemanha uma reportagem com os folioes em Colônia e, por azar, o repórter pegou um “brasileiro” que estava lá fantasiado no meio da bagunca e perguntou pra ele se estava gostando e a ANTA disse: “Sim! Eu estou adorando, apesar de ser bem diferente do nosso carnaval no Brasil. Lá as mulheres ficam TODAS de peito de fora.” Dá pra acreditar que um IDIOTA BRASILEIRO fale uma coisa dessas, sendo brasileiro? Pra mim ele é tudo, menos brasileiro.

Carnaval brasileiro é BRASILEIRO, ou seja, é alegria, é festa, é cor, é melodia, é paixao, é calor, é bateria, é AMOR. Meu Deus quer coisa mais divina do que o sentimento no nosso corpo quando entra a bateria? Minhas veias pulsam. Meu coracao dispara. Me vem uma alegria como nenhuma outra. É um sentimento único que hoje eu sinto falta. E como sinto. Tudo bem, eu posso ver pela TV ou pelo PC, mas NAO é a mesma coisa. Você estar lá no meio da bateria ou do ladinho que seja é muito mais intenso. É indiscretível. É estar vivo. É se sentir brasileiro. É se lembrar dos negros que por ali passaram e que trouxeram para o sangue brasileiro essa ginga, esse calor, o tambor.

É isso e é isso ai em cima que eu vou traduzir para o inglês e vou passar para todos gringos que conheco, pois eu nao posso mudar o mundo, mas o mundo pode me ajudar a mudar as coisas.

Agora que  já desabafei vou falar um pouco sobre o carnaval e suas origens no Brasil e no mundo. Pois bem, o costume chamado carnaval (independente do que se signifique), segundo historiadores, vem da regiao antiga da Mesopotâmia e só depois é que foi modificado pelos europeus cristaos, ou seja, foi só beeeem depois que comecaram as relacoes entre carnaval e religiao (é o cristianismo fez isso com tudo..afff). A princípio, era uma festa onde os servos e os “senhores” se uniam em uma mesma festa e em uma mesma mesa e, até, jogavam pétalas de flores uns nos outros, o que leva a alguns estudiosos relacionarem isso com o nosso costume de jogar confeti hoje em dia.

Só beeeeeeeeeeeem depois é que o carnaval comecou a ser festejado na europa, comecando pelos romanos (tinha que ser o povo da futura Itália!). Foram eles que comecaram a mudar a cara do carnaval original, inserindo o uso de máscaras, por exemplo. No entanto que o carnaval mais famoso da Europa é o de “Carnaval de Veneza”. O primeiro aconteceu em 1268 (tem idéia!) e as máscaras (AMOOOOOOOO!) sempre foram o ponto principal do festival. Mas em 1797 Veneza foi dominada pelos austríacos e os carnavais foram bem diferentes e tristes. O governo facista proibiu a festa na década de 30. Mas depois o período de domínio acabou e o “Carnaval de Veneza” voltou lindo e cheio de mistérios com suas máscaras maravilhosas. Depois o costume foi levado para a Espanha, depois Portugal e depois para a Franca. Da Franca o costume foi repassado para a Alemanha e para os EUA (New Orleans). Já o carnaval desenvolvido na Espanha e em Portugal foram repassados para a América Latina. Em Portugal, por exemplo, existe uma grande tradição carnavalesca, nomeadamente os Carnavais da Ilha da Madeira (donde saíram os imigrantes que haveriam de levar a tradição do Carnaval para o Brasil), Ovar, Podence, Loulé, Sesimbra, Rio Maior, Torres Vedras e Sines, destacando-se o de Torres Vedras, Carnaval de Torres, por possuir o Carnaval mais antigo e dito o mais português de Portugal, que se mantém popular e fiel à tradição rejeitando o samba e outros estrangeirismos.

Já o carnaval da Alemanha é bem diferente do carnaval celebrado nos países latino-americanos, por exemplo, mas no fundo com o mesmo espírito de escape das realidades do cotidiano. É chamado de Karneval ou, quanto mais ao sul, mais e mais vai sendo chamado de Fastnacht.

Em algumas regiões da Alemanha, ao norte, costuma-se dizer que o carnaval é as 11:11 do dia 11 de novembro. Isso está relacionado com a chegada dos dias mais frios e o carnaval vem também com a intencao de nos fazer esquecer um pouco a friaca e entrar na folia. Bom, deve funcionar, pois quinta já vi um monte de folioes cheio de sininhos pendurados indo para o desfile de abertura do carnaval no bairro onde moro. E tava uma friaca que você nao tem idéia! Aliás, acho que é SÓ por isso que eles nao mulheres peladas no carnaval europeu. ((((((((((((-: Quando falam da gente é por pura inveja, afinal carnaval no calor é muuuuuuuuuito mais gostoso. Somos abencoados MESMO! (((((((((((-:

O carnaval mais na Alemanha acontece na cidade de Colônia (Köln), no oeste da Alemanha. Possui carros alegóricos, marchinhas de carnaval e as pessoas usam fantasias. Aliás, mais de 50% das pessoas que participam do carnaval em Colônia andam na rua fantasiados, mesmo nao fazendo parte de bloco oficial nenhum. Já é tradicao. A grande diferença é que o Carnaval alemão é no inverno, o que faz com que as fantasias tenham que aquecer os foliões, e são distribuídos doces e balas pelos foliões. E, talvez, por causa desse mesmo frio que os obriga a estarem bem agasalhados, a maioria dos folioes acabam se concentrando dentro de bares. Entao se for querer ir a um bar nos dias de folia, se apresse, pois eles lotam e ninguém consegue entrar muito tarde. O que rola nos bares? Muita cerveja, gente fantasiada, MUITOS BÊBADOS e muita “Schlagmusik” (música típica da Alemanha). Em 2006 o Rô foi, entao vou postar um video que ele e os amigos fizeram dentro do bar onde estiveram.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=41wiTgAKKaI]

Carnaval é (pra mim) ISSO e nao SOMENTE isso.

Fonte das info históricas: Wikipédia.

[pinit count="vertical"]

9 Comentários para "CULTURAS E DEFINICOES – Carnaval no Brasil"

  1. Juana disse:

    Realmente minha querida não há melhor festa no mundo do que o carnaval, amanhã vou desfilar numa escola de samba, primeira vez na minha vida, não vejo a hora,se chama Barroca da Zona Sul, um grupo de professores me contagiaram e me animei a ir com eles, nossa estou me preparando, depois te conto…beijos!!!!!!!

    • Maira disse:

      Hahahahah… perua…na! Quero saber tudo e quero fotos!!!! Eu queria taaaaaaaaaaaanto estar ai pra ir com vc…saquinho! Qdo eu voltar vc vai na Gavioes comigo, hein!? hahahaha… Bjks!

  2. Roseane disse:

    Eu também gosto muito de carnaval. Aqui é tão diferente..insoço, díria, mas eles se divertem, e isso é legal. Bom carná por aí. Bjks

    • Maira disse:

      É Roseana, é beeeeeeeeeeeeeem diferente mesmo! Afff… Eu nao gosto, mas acho bem interessante q eles realmente se divertem e muito! Cultura é isso… só entende quem nasce no lugar mesmo, nao tem jeito… (((-: Viva a multiculturalidade e seus mistérios!!!! Bjks!

  3. Anna Clara disse:

    Eu me descabelo de saudade da Banda de Ipanema! Pra mim Carnaval é aquilo. :)

    • Maira disse:

      Oi Anna, fale um pouco mais dessa Banda de Ipanema? Acho legal, pra quem nao conhece saber um pouco mais de algo que alguém julga especial. Bjks!

  4. Pat disse:

    Cunhada! Cooooooooooomo assim vc nem falou do Carnaval do Rio?!!

    Esse é o maior “produto” de exportação do Brasil – junto com o futebol e as novelas da Globo (rs rs)!

    O da Sapucaí é programa de turista… E inegavelmente todos que vão, AMAM! Mas os cariocas vão mesmo aos blocos de rua! Se bobear, eles tem mais destaque na mídia local que o outro (sem contar a transmissão ao vivo, claro).

    Beijos!

    • Maira disse:

      Oi Paty, acho q vc nao entendeu o intuito do post cunhada. Eu nao quis fazer propaganda de nada, simplesmente eu desabafei sobre o que é carnaval pra mim e apresentei diferentes tipos de carnaval dentro do Brasil q poucas pessoas conhecem. O carnaval do Rio dizem sim q eh otimo, mas eu conheco o de Sampa que apesar de menos “pop” é do mesmo tipo q o do Rio e, na minha opiniao, maravilhoso. Já o de Salvador acontece em moldes completamente diferentes e quem vai tb AMA, mas eu (hoje) nao encararia a bagunca. Já o de Recife tb já ouvi falar q é beeeeem diferente e riquissímo culturalmente falando. Mas faltou falar de muitos outros carnavais que eu mesma nao conheco e me sinto em falta por isso, mas acho q o meu post deixa claro q carnaval brasileiro nao é sinonimo de RJ, apesar de ser o mais popular entre os estrangeiros, uma vez q o Rio é um destino turístico, independente de seu carnaval, do mundo todo. Ou seja, nada pessoal, mas adoro mostrar que nao somos só RJ ou só favelas ou só mulheres gostosas na praia. O Brasil é diverso, é plural e por mais que eu tente falar sobre tudo, nunca vou conseguir resumir o que é o nosso Brasil. Mas já q eu nao falei do RJ, fica ai o seu comentário q complementa muito bem. Espero receber comentários de outras partes do Brasil, onde o carnaval é diferente, pois eu AMO como brasileira conhecer o Brasil que estrangeiro nenhum conhece e quero mais é que eles continuem indo para os lugares mais populares. Bjks!

  5. juli disse:

    :grin: eu quero saber os tipos de carnaval no brasillllllllllll.eu so sei 2 affffff

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório