Cursos

CURSOS – Curso preparatório com o pai da crianca…rs

Hoje, sabadao, tivemos 4 horas de curso preparatório com a ilustre presenca do pai do Rafinha. Sim! Rodriguinho agora sabe tudo. Mentiiiiiiiiiiiiiraaaa… :-D

Quase todos os cursos preparatórios incluem os pais em pelo menos um dos encontros e, apesar de achar que deve ser um “saco” pra eles, acho ótimo que isso exista. O “dito” disse que nao aprendeu muita coisa e eu concordo com ele. Mas, por outro lado, sinto que, primeiro, nao se tem muito o que “aprender” e, segundo, talvez o objetivo maior do curso nao seja mesmo esse.

O que eu senti é que é importante incluir o parceiro no “processo”. Já dar pra ele uma breve idéia do que vai acontecer no dia “D” e fazer com que ele entenda o importante papel dele em um parto natural. Hoje foram apenas 4 horas de curso, agora imagina no dia que pode chegar a mais de 12 horas de trabalho de parto. Pois é. Acho super importante ele ter ouvido hoje de uma profissional especializada em parto o quanto é importante que ele me ajude e que tenha muita paciência.

Mas, mesmo tendo “aprendido” pouco, aprende-se sim alguma coisa. Ela explica como o bebê nasce utilizando materiais “didáticos”. Fala sobre como o processo é doloroso e poderia ser traumático, se nao fosse o que ela disse que é um “hormônio do esquecimento”. Pois é, ela disse que nenhuma mulher consegue lembrar ou explicar exatamente o quanto foi dolorido, pois Deus providenciou um hormônio que nos faz simplesmente esquecer. Eu acredito, pois como explicar uma mulher querer mais de um filho mesmo depois de sentir tanta dor? Pois é. Ela também explicou que antigamente quando a mulher entrava em trabalho de parto, a ordem era ficar deitada em repouso e hoje é totalmente o oposto. Hoje eles dizem: “parto é movimento”. A mulher tem que se movimentar durante o trabalho de parto, justamente pra ajudar o bebê a ficar “pronto”. Segundo a parteira que dá o curso, o parto natural é composto de 4 fases distintas e pra cada fase existem alguns exercícios específicos que podem ajudar. Dá uma olhadinha abaixo. Segundo o Rô é tipo um “Kama Sutra” do parto. :-D

Hoje fizemos algumas das posicoes que estao nesse “guia”. Nem preciso dizer que eu e o Rô nos matamos de rir, né!? Cara, tem umas posicoes que nao ia rolar de fazer no meio de casais brasileiros. Fiquei só imaginando a avacalhacao (rs). Mas aqui é tudo muuuuuito “científico” e o povo leva a sério e nem pensa bobeira. Ô coisa chata! :-D

As melhores partes sao quando a parteira pede pro parceiro fazer massagem na gente. Ô beleza! Sai de lá nas nuvens depois de uma massagem nas costas com um óleo de lang-lang. Já falei pro Rô que quero todo dia. Tadinho, se lascou. :-D

Outra coisa interessante que ela ensinou hoje é que a mulher nao deve comer chocolate a partir da 37a semana de gestacao, pois isso bloqueia as contracoes que deveriam vir naturalmente. Ah! E que aquele negócio de virar o bebê e dar um tapa na bunda pra ele chorar logo depois que nasce também nao existe mais. Ufa! Achava aquilo tao “selvagem” e juro que nao conseguia entender os argumentos que me davam. Coitada da crianca, mal chega no mundo e já chega apanhando. Eu hein! :-D

Enfim, eu adorei que o Rô participou do curso, mas nao aconselharia um curso onde o homem tem que ir mais de um dia. Sim, é um saco. Pra ser sincera, às vezes até pra mim é um saco, imagina pra ele. Mas é saudável, tanto pra mim, quanto pra ele, quanto para o Rafa, quanto pra nós como casal. Quando estou lá, é o único momento na semana onde fico mais de meia hora voltada 100% para o Rafa. É um momento onde a gente se dá um tempo maior para sentir o bebê, para sentir o nosso corpo e também para ir caindo a ficha do que está por vir. Entao recomendo para todos, apesar de nao saber como isso funciona na Brasil.

E o negócio foi tao bom que, depois de semanas sem dormir direito, chegamos e eu deitei no sofá e capotei. Tô achando que foi a massagem. Agora tenho mais um argumento pra solicitar a participacao paterna no processo. :-D

[pinit count="vertical"]

Nenhum Comentário para "CURSOS – Curso preparatório com o pai da crianca…rs"

  1. Fabi Gazeta disse:

    Má realmente é muito importante tudo isto, mas aqui no Brasil em poucos lugares tem isto… deveria ter mais e ser mais usado, ms olha que só de ler eu ri…rsrs imagino vcs 2 ai…kkkkk
    Mas exija do Rô a masagem amiga assim vc não terá mais problema com insônia.
    Beijokass e boa sorte para vcs!!!

  2. Haila disse:

    Maninha…..enqto lia, fui imaginando as feições dos dois durante as posições e já morri de rir….imagino vcs!!!!! kkkkkkkkkk
    Q bom que está tudo dentro da normalidade, tenho certeza absoluta que será tudo lindo….o que me dá mais raiva por não estar presente…pelo menos, a Mamis estará aí…
    E diz pro meu cunhadão…Dá-lhe massagem!!!!! É comprovado cientificamente que melhora o desconforto da gestante!!!!;-)))))
    Bjo enorme para os três.

  3. Alessandra disse:

    Má, me diverti muito com seu e-mail. Só quem te conhece para conseguir imaginar como foi esta aula…. kakakakaka….
    Aprendi muito também com este relato, vou guardar para me preparar, será muito útil… rsrsrs

    Beijinhos para os três, que Deus ilumine vocês
    Alê

  4. Ana Masson disse:

    Oi, Maira!!
    Que sarro, deve ter sido bem engraçado mesmo. Mas realmente, o pai não sente as coisas que nem a gente, deve ser um porre… pelo menos mais que um dia.
    Onde eu pratico yoga, vai rolar uma oficina de parto (deve ser bem parecida com essa que vc fez) em fevereiro, e o parceiro tem que ir junto, falam de td – do trabalho, como lidar com a dor, essas coisas.
    Depois te conto como foi a minha!
    Beijos nos 3!!!

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório