Cursos

CURSOS GESTACIONAIS – “Geburtsvorbereitungskurs”

Nossa tô numa lesera que nem consigo escrever. Hoje saí do trabalho direto pro primeiro dia do meu curso preparátorio para o parto (Geburtsvorbereitungskurs) que foi das 19hs até as 21hs. Lerê!

Esse curso acontecerá em 5 encontros (duas horas cada) só para as futuras maes e um encontro em um sábado com a participacao dos futuros pais também (quatro horas). Acontecerá toda segunda-feira até dia 24 de janeiro de 2011. O primeiro encontro foi semana passada, que eu “cabulei” porque estava adoentada e o próximo encontro agora será só no próximo ano, no dia 10 de janeiro.

Eu gostei bastante do encontro de hoje. Estávamos em 14 alunas e a professora, que é uma fofa. É bem interessante, pois a professora (que é uma parteira) ensina tudo que está relacionado com o assunto ser mae. Ela explicou como funciona o “encaixe” do bebê, fez a gente sentir a regiao onde ele deve se encaixar, explicou que o osso fica mais maleável para facilitar a saída da pessoinha, ensinou alguns exercícios para “amaciar” mais ainda a regiao e ensinou várias outras coisas que eu nao entendi. Rá! Pois é, pelo menos umas três informacoes que ela deu soaram para mim como “bla-bla-bla-bla-bla”. Juro que me esforcei pra entender, mas nao rolou. Enfim, coisas da vida, ou melhor, coisa da vida de uma estrangeira morando no Alemanha. :-D

Logo no início fizemos um exercício de relaxamento. Ela deixa a sala com uma luz bem fraquinha, a gente deita confortavelmente e ela fica lá falando com uma voz doce e suave pra gente ir sentindo nossos ossos, respiracao, etc. Tipo coisa de yoga. A-DO-RO! Nao que eu realmente consiga relaxar, mas é gostoso ter pelo menos a oportunidade. A parte que ela fala para esvaziar a mente é a parte onde eu percebo que isso pra mim é praticamente impossível. Tem horas que eu oro pra mim: “Senhor livre-me das sinapses!”. Sério, é pensamento demais pra uma cabecinha só. Mas enfim, pelo menos em meia hora de relaxamento consigo me concentrar no que ela fala uns 10 minutos, o que já é uma glória. Ah! O que percebi também é que nesses momentos onde eu procuro relaxar, sao os momentos onde o Rafa mais fica indócil. Vai entender…

Teve um negócio que ela explicou hoje que eu nunca tinha ouvido falar e achei beeeem interessante. Sao métodos para “lacear” a bichinha, para evitar que ela rasgue ou que tenha que “ser rasgada” pro cabecudinho passar. Sim, eles existem! Um deles é um creme da marca Weleda que chama “Damm-Massageöl” (veja aqui). Nem precisa entender alemao pra saber como funciona, ou seja, ó só entrar no site e já vai entender tu-di-nho (rs). O outro método uma amiga minha do Brasil já tinha me falado sobre, é um aparelho chamado Epi-no (zóia aqui). Os dois só devem ser utilizados a partir da 36a semana de gestacao e de jeito nenhum durante o parto. Eu achei fantástico saber que existem esses métodos para tentar evitar o famoso “rasgo” na “Apoteose”. Mas há quem prefira aparelhos que facam o processo reverso. :-D

Ela também distribuiu um livrinho que ensina tudo sobre amamentar, pois disse que tirou essa parte das aulas, pois era muito “langweilig” (tedioso). Deve ser mesmo. Afff…

Minhas “colegas” pareceram bem simpáticas. Achei incrível que quase todas terao seus babys entre a metade e final de fevereiro (como eu) e, das 14 presentes, apenas duas estao esperando menina! Sinixxxtro!!! Ah! E fiquei mais feliz ainda porque todas estao com a barriga do mesmo tamanho da minha ou até mesmo menor. Eu sou normal!!! :-D

Pra finalizar a aula tivemos uma sessao de 10 minutos de massagem. Delícia!!! Ficamos em pares e cada hora uma faz massagem na outra. Quando eu sou a massageada é um sonho, mas quando tenho que massagear essa mulherada alema a gnoma aqui sofre. Dá uma dor no meu bracinho. Difícil ser pequena nesse mundo germânico, viu!?

Bom, agora uma breve explicacao para minhas amigas/colegas grávidas ou futuras grávidas aqui da Alemanha. Esse curso é oferecido por muitas maternidades e por parteiras. A gente (as grávidas) nao paga nadica, sendo tudo coberto pelo seguro de saúde público. Existem cursos com duracoes variadas (tem cursos noturnos e cursos de final-de-semana), conteúdos variados e presenca dos pais também variada. Os pais quase sempre pagam e o seguro nao reembolsa (no curso da Clínica Bosch é o único aqui em Stuttgart onde homem nao paga). Eu preferi escolher um curso onde o homem só tivesse que estar presente um dia, pois acho que deve ser um saco pra eles estarem presentes todo santo dia. O Rô vai participar um dia por quatro horas, o que achamos mais do que suficiente. E é bom que a cada dia que vou ao curso sozinha trago um monte de novidades. Nesse curso ele vai pagar 11€ por hora, ou seja, serao 44€ para as quatro horas que ele vai participar. É um investimento que acho que vale muito a pena, principalmente por sermos “iniciantes” neste mundo. Para participar deste curso é preciso se matricular com bastante antecedência, senao pode ficar difícil achar vaga. Eu mesma vacilei. Deixei pra comecar a procurar com 24 semanas e só consegui depois de procurar muito, pois os mais “conhecidos” e mais baratos já estavam todos lotados. O meu parece ser ótimo, mas é mais caro para o homem do que outros que encontrei. Entao comece a procurar quando estiver com 3 ou 4 meses. Só pra garantir mesmo. Geralmente só é preciso assinar um documento, levar a carteirinha do convênio e pronto. O meu é no Marien-Hospital em Stuttgart com a parteira Eva Schwarz.

É isso. Próximo capítulo: ultrassom completerrérrimo do Rafinha depois de amanha, dia 08/12. :-D

PS1: estamos todos um “cadinho” cansados, mas ótimos!

[pinit count="vertical"]

Nenhum Comentário para "CURSOS GESTACIONAIS – “Geburtsvorbereitungskurs”"

  1. Paulinho disse:

    Quase num escreveu mesmo…..
    AuHAuhUAhUAhuAhuAhuAHu

    estão lindos casados (que gay isso?) e sei que o rafaloko vai ter tudo o que precisa para ser uma boa person.

    good luck!

  2. mary disse:

    Boa hora, como se dizia quando eu estudava :) )
    Putz, só conheço o Katharinenhospital :(

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório