Sem categoria

DICAS – Economizando com crianca na Alemanha

Esse post é uma forma de dar dicas de economia para as maes (ou futuras) que moram na Alemanha (para as quemoram no Brasil, pode ser que exista algo interessante também, entao se souberem nao deixem de postar nos comentários, ok!?). Sim, porque quando se tem filho, a palavra economia deveria ser tipo um mantra. É LÓGICO que ninguém aqui é extremo e de vez em quando podemos sim “sair da linha”. Aliás, para certos itens eu mesma nao economizo e nao economizaria, simplesmente porque existem motivos reais (ou maternais…rs) e, quase sempre, provados por especialistas. Mas, no geral, dá pra economizar e muito com coisas para criancas, principalmente para bebês. E essa economia faz bem pra todo mundo na família, principalmente para o futuro da crianca, pois guardando hoje é que é possível garantir algo de bom para o amanha que, aliás, é sempre incerto.

Enfim, vou colocar aqui algumas dicas que recebi de amigas daqui e sempre que aparecer alguma coisa nova faco um update pra vocês. Ontem recebi dicas ótimas de uma amiga estrangeira e essas vao ser as primeiras da lista. Lá vai:

1) Cadastro no site da Pampers (http://pampers.de) para receber amostras grátis de produtos, informacoes e bônus que podem chegar até 50 euros. Minha amiga recebe mensalmente um bônus no valor de 18 euros para compra de fraldas. Nao é uma fortuna, mas com 18 euros já dá pra comprar muita coisa no mês.

2) Cadastro no site da Rossmann Babywelt (http://www.rossmann.de/babywelt/). Entrando neste site, faca seu cadastro no “Bonus Club” e receba um pacote com vários produtos, inclusive um pacotao de fraldas para recém-nascido e um brinquedinho, vai receber também um bloco de cupons no valor de aprox. 300 euros e uma revista também (acho que recebe mensalmente).

3) Bazares para comprar produtos novos e semi-novos para bebês e criancas. Existe um jornal regional só para pais em Stuttgart (e redondezas) que se chama “Luftballon” (http://luftballon.de) onde sempre vem informando quando e onde estes bazares vao acontecer. Os eventos podem ser vistos no site  do jornal. Minha amiga comprou um carrinho que custa na loja 700 euros por 200 euros em um destes mercados. Ela disse que os melhores sao aqueles que acontecem em bairros de gente que tem mais grana, pois os produtos sao melhores e os precos muito abaixo do preco de custo, pois os caras vendem mais para se desfazer da “tralha” do que para fazer dinheiro. 

[pinit count="vertical"]

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório