Estágio

ESTÁGIO NA ALEMANHA – Como conquistar sua vaga

Estava com esse post nos rascunhos à muito tempo, esperando ter tempo ou incentivo para terminar. Bom, tempo eu nao tô esbanjando nao, mas ando recebendo tantos emails pedindo infos sobre este assunto que vi que era hora de tirar a poeira do bichinho. :-D

Poder escrever esse post era um sonho pra mim, por isso espero conseguir ajudar à todos que chegarem aqui buscando respostas e motivacao pra conquistar uma vaga de estágio na Alemanha. Vamos lá!

Como sempre escrevo, minha história nao é regra. É apenas minha história, meu caminho. Entao leiam este post e entendam ele como um auxílio, mas nao como um texto repleto de verdades únicas e absolutas.

Pra se conseguir um estágio na Alemanha, é preciso antes de qualquer coisa estar matriculado em uma instituicao educacional. Isso é fato. Eu, por ex., já conclui meu período presencial nas aulas do MBA, mas me matriculei para um 4° semestre para poder estagiar e também porque minha conclusao mesmo só acontecerá depois que eu entregar minha tese de mestrado.

Quando ainda faltavam 4 meses pra terminar meu 3° semestre já comecei a elaborar minha documentacao para minha candidatura à uma vaga de estágio. Além disso, já comecei a fazer contatos. Essa documentacao foi, pra mim, extremamente problemática e lendo sobre ela vao entender o que quero dizer. Mas antes de descrever tudinho, já gostaria de ressaltar que é só digitar no oráculo google “Bewerbung” e “Praktikum Unterlagen” que vao encontrar vááários sites sobre o assunto. Usei muito e até postei dúvidas em fóruns de discussao sobre o tópico, obtendo respostas sempre e bem rapidinho. Imperdível mesmo!

Antes de comecar a “despejar” informacoes, vou resumir aqui tudo que será apresentado (isso que dá escrever tese de mestrado, a gente fica sistemático…hahaha): primeiro vou falar sobre os documentos que precisam ter em maos para se candidatar à uma vaga, depois como organizar estes documentos e formas de envio e por último algumas observacoes baseadas na minha experiência. Agora sim, vamos à “Lista de Maira” (rs):

(1) Documentos que devem ser redigidos especificadamente para cada vaga/empresa pretendida: sim, é imprescindível que no documento esteja explícito de alguma forma que você nao o redigiu e enviou o mesmo pra “n” empresas. As empresas querem perceber que você está almejando uma vaga somente NAQUELA empresa, embora saibam que, geralmente, nao é o caso. Vaidade empresarial mesmo. :-D

(1.1) CV (Lebenslauf): é preciso pensar em tudo pra elaborar o danado. Tem que ser no padrao alemao, os itens devem ser apresentados em uma ordem lógica e organizada, existem termos próprios utilizados para cada item e, o pior, tem que ser em alemao na maioria das vezes (só em casos especiais é solicitado em inglês).

(1.2) Carta de Apresentacao (Anschreiben): é aqui que você descobre o quao difícil é redigir um documento formal e objetivo em alemao. Essa é sua carta de apresentacao/motivacao, ou seja, é aqui que você vai convencer o cara de que você é a pessoa certa para a vaga. Deve ser, como tudo por aqui, objetiva e suscinta. Nada de romances e é ai que a coisa complica para nós, pobres estrangeiros. Quem aprendeu alemao, sabe o quanto é difícil para nós escrevermos de forma direta e objetiva o queremos dizer. É muito difícil mesmo! Entao para a redacao desta carta, aconselho você primeiro pesquisar alguns sites que dao dicas em alemao, redigir você mesmo no seu “alemao indígena” e pedir para mais de uma pessoa (de preferência um alemao) corrigir ou modificar para você. A minha deve ter passado pela mao de umas 15-20 pessoas diferentes, entre brasileiros fluentissíssímos em alemao, estrangeiros e alemaes.

Quem precisar de um modelo para estes documentos é só me pedir que envio o meu “for free”. Lembrando que meu “Anschreiben” é para uma vaga na área de Marketing e minha história e argumentos provavelmente serao bem diferente dos seus, ou seja, use-o apenas como guia e nao como molde, ok!? Olha que eu deveria cobrar uma fortuna pelo trabalho que deu! Mas justamente por isso ofereco gratuitamente, pois nao desejo o trabalho que tive pra ninguém. :-D

(2) Documentos idênticos para todas empresas (estou colocando TUDO que eles PODEM pedir, mas vai variar de empresa para empresa):

(2.1) Studienbescheinigung (Comprovante de Matrícula na Universidade): isso é a Uni que te fornece. É só solicitar. No meu caso, sempre que pagava a semestralidade, este era gerado automaticamente no sistema online do meu curso e eu podia simplesmente acessar e imprimí-lo.

(2.2) Notenspiegel (Lista de Notas da Universidade): isso é a secretaria do seu curso que te fornece. É um documento com suas notas até o momento no curso atual. No meu caso, enviei um email para a secretaria do meu curso solicitando o tal “Notenspiegel” atualizado e ela me passou por email mesmo.

(2.3) Zeugnis TestDaf (Certificado da prova de proficiência de alemao): algumas empresas nem pedem, mas é sempre bom ter caso seja estrangeiro. Dá moral. :-D

(2.4) Hochschule Diplom (Diploma de Ensino Superior): caso seu curso atual seja um MBA ou algum tipo de pós, ou seja, caso você já tenha concluído o ensino superior. Lembrando que este documento, assim como os 3 a seguir, deverao ser traduzido para o alemao e autenticados em cartório alemao.

(2.5) Hochschule Leistungsnachweis (Histórico com notas do Ensino Superior): idem ao item anterior. Lembrando que algumas empresas pedem as notas convertidas para o sistema alemao. Entre em contato com a Konstanz Universität que eles fazem isso (até onde eu sei) de graca.

(2.6) Sekundarschule Diplom (Diploma Segundo Grau): hein? Pois é, eu também nao esperava que pedissem isso aqui. Para entrar na Uni é quase sempre obrigatório, já para estágio, depende. Alguns pedem outros nao. Mas, de forma geral, nao costumam pedir. Porém, eu teria em maos por seguranca.

(2.7) Sekundarschule Leistungsnachweis (Histórico com notas Segundo Grau): idem ao anterior.

(2.8) Arbeitszeugnis / Referenzen (Certificado de Trabalho): isso dizem que “vale um caminhao”. É o que chamamos de “Referências” ou “Carta de Recomendacao” no Brasil. Se tiver (em inglês ou alemao) ótimo, se nao tiver nao é o fim do mundo, principalmente porque estamos falando de um estágio e nao de um emprego fixo.

Documentos na mao? Entao agora é preciso decidir para qual empresa e qual a forma de enviá-los. Vamos comecar pelo comeco: para qual empresa.

(3) Buscando Empresas

(3.1) Sites de busca/candidatura: aqui, assim como no Brasil, existem muitos sites onde você se cadastra gratuitamente para achar vagas ou para ser achado. Mas, o mais importante, é que saiba exatamente o que quer. Em qual área, em qual regiao, salário, etc. Existem alguns estágios nao-remunerados, mas a grande maioria é remunerado para quem já tem curso superior. Se digitar no google “Job Suche” vai encontrar vários sites onde pode se cadastrar, mas já indico dois:

http://www.monster.de/

http://www.stepstone.de/

(3.2) Internet: vamos supor que já sabe que quer trabalhar na área de cosmeticos, entao digite no google “Kosmetik Industrie Deutschland” ou “Unternehmen Kosmetik Bereich (ou “Branche”)”. Coisas do tipo, que te levem à listas de empresas do ramo. Digitando, por ex., “Liste der größten Unternehmen in Deutschland” vai ter uma lista imensa no Wikipédia que pode ajudar na sua selecao, caso queira trabalhar em uma grande empresa. Nas grandes empresas a concorrência é maior, entao é sempre bom considerar buscar uma empresa de médio porte (Mittelständische Unternehmen). Estas costumam oferecer mais chances de contratacao após estágio. Das grandes, sei que aqui em Stuttgart, por ex., a BOSCH e a Daimler oferecem muitas vagas de estágio e nao é taaaao difícil conseguir. O problema é que conheco poucas pessoas (ou nenhuma?) que tiveram a chance de contratacao depois, principalmente os estrangeiros.

(4) Enviando documentos: hoje em dia A MAIORIA das empresas estao preferindo receber tudo por email (principalmente as de médio porte) ao invés de ser pelo correio (forma preferida pelas pequenas empresas). Já as grandes empresas (BOSCH, L´Oreal, Beiersdorf, Daimler, etc) tem um sistema online que, diga-se de passagem é um saco de usar! Mas, enfim, é a tal “mudernidade”. Vamos às observacoes por modalidade:

(4.1) Pelo correio: para enviar seus documentos pelo correio busque sempre a quem enderecar. Se nao estiver claro no anúncio, ligue e informe-se. Para enviar pelo correio vai precisar de uma pastinha especial beeeemmm alema que eles chamam de “Bewerbungsmappe”. Em qualquer papelaria tem e é baratinha, ou melhor, tem opcoes baratas e eu nao investiria muito nao. O papel desta pastinha é simplesmente enviar a papelada de forma organizada e padronizada. Geralmente vem um papelzinho explicando onde você coloca o que nela. Essa parte é simples. Coloque esta já com todos os documentos dentro de um daqueles envelopes de papelao grosso, pois faca chuva ou faca Sol o documento vai continuar intacto até chegar ao destino final. Envie e peca a opcao que te deixa rastrear o envelope e receber notificacao de recebimento pelo remetente. É sempre bom garantir, né!? Envie e reze.

(4.2) Por email: geralmente na descricao da vaga vem a informacao se eles preferem receber por email ou nao seus documentos e, caso prefiram, sempre será informado para qual email. Mande os documentos como anexo em formato pdf (fique atento, pois muitas empresas limitam o tamanho do email, sendo assim envie apenas os documentos mais pertinentes à vaga) e escreva apenas algumas palavras no email para dizer do que se trata, ou seja, que encontrou o anúncio da vaga em tal lugar ou foi informado através de alguém e por ai vai. Mais uma vez, nada de romances. Espere a resposta por uma semana. Se ninguém te responder entre em contato por telefone para saber sobre algum posicionamento ou, até mesmo, para saber se receberam seu email. Sobre o que escrever no email, segue um “modelinho” bem modesto da minha parte (rs): 

“Sehr geehrte Damen und Herren,

Ich absolviere zurzeit an der ESB Reutlingen ein Masterstudium zum Thema Internationales Marketing. Im Juni beende ich die prüfungspflichtigen Vorlesungen. Im Rahmen meiner Abschlussarbeit (Masterthesis) möchte ich mich für ein Praktikum in Ihrem Unternehmen ab Juli 2010 bewerben.

“Unternehmen X” wurde mir von einem Professor der ESB Business School genannt, nachdem ich ihm erklärt habe, dass ich mein Praktikum bzw. meine Masterthesis bei einem innovativen und internationalen Unternehmen in der Kosmetik-Branche absolvieren möchte.

Hiermit übersende ich Ihnen meine Bewerbungsunterlagen.

Ich freue mich, alle weiteren Einzelheiten mit Ihnen in einem persönlichen Gespräch zu besprechen.

Mit freundlichen Grüßen,
Maira Engelmann”

(4.3) Pelo sistema online das empresas: entre no site das empresas do seu interesse e veja como eles pedem as candidaturas. Se for online, já vai encontrar no site deles mesmo um link para acessar o sistema específico para se candidatar. Geralmente vai ter que se cadastrar com nome de usuário e senha e logo depois poderá comecar a procurar vagas e se candidatar para as mais interessantes. Preencher todos os campos pode levar até meia hora (isso com otimismo), entao reserve um tempo só pra se concentrar nisso. Eu cheguei a preencher dois cadastros destes online por noite durante uma semana, ou seja, é preciso ter vontade e paciência mesmo. Alguns sao relativamente simples, já outros vem com umas perguntas estranhas (tipo pergunta de RH mesmo) e ai você precisa de mais meia hora só pra pensar e escrever as respostas em alemao de forma adequada. Enfim, faz parte.

Depois de enviar é só cruzar os dedinhos e ter paciência. Muitas empresas respondem após, no máx., duas semanas. Outras demoram uma eternidade. O importante é tentar e nao desanimar. A cada duas-três semanas ligue pra saber o status, pois muitas vezes eles esquecem mesmo.

Enquanto espera a resposta, já comece a treinar para uma possível entrevista. Sim, pois ela com certeza nao será em português. :-D

É isso. Sobre a entrevista nao tenho muito a acrescentar do que já expliquei em outro post que vocês podem ler aqui. Esse foi sobre minha entrevista para o MBA, mas as diferencas sao mínimas. O importante é demonstrar auto-confianca e certeza na escolha da vaga. Se você tiver o perfil que eles procuram é só correr pro abraco, caso contrário é só ter paciência que sempre o que é nosso tá guardado. :-D

Viel Erfolg!

 

[pinit count="vertical"]

5 Comentários para "ESTÁGIO NA ALEMANHA – Como conquistar sua vaga"

  1. Marina disse:

    Olá,
    Gostei muito do seu post. Deu uma boa ideia de como é o processo pra se candidatar á uma vaga de estágio na Alemanha!

    Ps: você poderia me encaminhar por email o seu modelo? Eu agradeceria muito, pois meu alemão ainda não está muito bom haha

    Obrigada

  2. Renata disse:

    Olá!

    Obrigada pelas dicas.
    Você pode me encaminhar o modelo da carta?

    Obrigada desde já

  3. Ursula Wilberg disse:

    Oi Maira,

    Fiquei na esperança de ver seu Anschreiben!!! O post está muito explicativo. Achei sensacional!!
    Como você poderia me passar sua Carta de Apresentação?

    Ursula

  4. Laura disse:

    Olá,

    adorei o post, ajuda muito mesmo!

    Você poderia me encaminhar seu modelo, por favor?

    Obrigada!

  5. Izabella disse:

    Olá Maira!
    Eu adorei o seu post! Estou procurando por estagios na Alemanha e ajudou muito, tudo muito bem explicadinho e claro :)
    Obrigada!
    Eu gostaria muito de dar uma olhada na sua Bewerbungsbrief, estou muito perdida sobre como escrever a minha..Sera que voce poderia me encaminhar?
    Obrigada novamente! abracos :)

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório