São Paulo

Parabéns AVENIDA PAULISTA!!!

Av. Paulista em ritmo de Natal – Foto tirada ontem

Sim! Hoje a Av. Paulista (SP) completa 120 anos! Pra mim é o lugar mais “paulistano” que existe em Sampa e merece ser lembrado com muito carinho.

Sempre fui apaixonada por essa avenida. Adoro percorrer toda sua extensão, acompanhando os engravatados, as mulheres elegantes (tá, nem todas…rs), as línguas estrangeiras, as diversas “tribos”, a mescla de cores e estilos (adorava ficar sentada na escadaria da Casper Líbero/Gazeta observando a galera passando), os prédios com arquiteturas variadas, os protestos, as festividades, as passeatas, os ensaios fotográficos, os helicópteros chegando e saindo das dezenas de helipontos (tem mais do que pontos de ônibus, acredita!?).

Essa avenida faz parte da história da cidade, uma história de riqueza que começou com as plantações de café. Nela concentravam-se os barões do café nos seus casarões majestosos. Infelizmente poucos foram mantidos, mas a história não se faz apenas de prédios, certo!? A história está ali, encravada em cada metro quadrado, no espírito paulistano que existe na avenida, no progresso, na riqueza, na cultura e na diversidade cultural (e até mesmo social) que ainda encontramos por lá todos os dias.

Ela representa não só as coisas boas da cidade paulistana, afinal quem nunca viu os mendigos espalhados e esquecidos em suas calçadas. Pois é, a desigualdade social e indiferença também fazem parte da história e, infelizmente, permanecem ali.

É por isso que amo essa avenida, porque ela representa muito bem a realidade paulistana, com seus “plus” e os seus “minus”. Ela é completa. É verdadeira. É o retrato falado de uma cidade habitada, acima de tudo, por pessoas que transformam 24hs em 48, 72hs. Muitas trabalham duro durante o dia, estudam à noite, estudam de sábado e ainda arrumam tempo pra ser mãe, pai, esposa, marido, tempo pra ir pra “balada”, pro “churras”, tempo pro “happy hour”, tempo pra sentar e conversar com pessoas queridas ou com desconhecidos simpáticos no “busão”, no metrô, no trem e até mesmo (por quê não!?) no trânsito. Não são os brasileiros mais calorosos não, mas pra quem deixa os preconceitos de lado e tenta uma aproximação pode encontrar amigos pra vida toda. Eu já encontrei os meus! :D

É isso! Viva à Paulista! Viva aos paulistanos! Viva!

[pinit count="vertical"]

2 Comentários para "Parabéns AVENIDA PAULISTA!!!"

  1. Val disse:

    Oi Muié; vc ainda tá por essas bandas?!
    Vamos aproveitar pra nos ver…o que acha?! Sei que to te devendo uma visita em Jundiai, mas fiz minhaqualificação do mestrado na última terça e to correndo contra o tempo pra defender a dissertação…sem dizer que to fazendo tudo isso com os dentinhos do Beni apontando….vc sabe do que to falando, né?! To o pó do pó…rsrs!! Mas gostaria muito de te reencontrar. Sinto saudades e sem falar de nossas conversas por e-mail. A foto tirada no café do Pátio do Colégio; deu até um nó na garganta…qdo tiver um tempinho, aparece, tá! Caso seja mais fácil vc vir agora do que eu ir….gostaria muito de te ver; dividir muitos acontecimentos, trocar figurinhas de mães de 1ª viagem e dar aquele abraço abertado…
    Bjkas;

  2. Daniela disse:

    Oi Maíra,

    Também sou de Sao Paulo e moro na Alemanha há uns 4 anos. Foi muito bom ter encontrado o seu blog: muitas informacoes, receita de pao de queijo (que deu certo!!!) e, principalmente, muitos textos com os quais me identifico. Principalmente este aqui sobre a Avenida Paulista… Me encheu de saudades! Eu acho que essa “realidade concreta” da nossa cidade natal é o que me faz mais falta por aqui! No meio do caos paulistano, o dia parecia durar umas 50 horas!

    Abracos, parabéns pelo seu blog!
    E foi mal pela falta de til e cê cedilha. :-)

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório