Refletindo

Penso, logo penso e penso muito. É tanto pensamento, tantas análises, tantas reflexões que é preciso transbordar e eu transbordo em palavras. Esse é aquele espaço onde você poderá encontrar respostas, novos questionamentos, similaridades ou simplesmente algo que te diga nas entrelinhas: você merece ser feliz!

Ser idealista

Tem dias que é difícil nao se sentir cansada. Do quê? De ser idealista. Isso, cansada de ter idéias, de sonhar acordada. Sim, é triste sentir isso, uma vez que ter idéias deveria ser visto como algo positivo, mas nem sempre é visto dessa forma.

Quem é idealista sabe do que estou falando. Ao mesmo tempo que todos te aplaudem pelas suas novas idéias e atitudes, muitos te chamam de inconstante e nao focada. Muitos te poe em dúvida, te desafiam, te desanimam.

Amo ser idealista, amo ser isso, mas às vezes fico cansada de tentar. Outras vezes fico cansada de pensar tanto, fico cansada de ter tantas idéias a qualquer hora, em qualquer lugar e sobre qualquer área. Tudo à minha volta me inspira, me instiga, me enlouquece.

Desde crianca sou assim. Já até escrevi várias cartas para o presidente da república na minha cabeca, pois sempre tive uma solucao para todos os problemas do Brasil. Esses dias tive várias idéias para filmes nacionais, onde até o título do filme eu já tinha criado enquanto estava no trem indo para a Uni. Sou daquelas pessoas que sempre tem um caderno e uma caneta ao lado, até mesmo quando vou dormir. Muitas vezes demoro horas a dormir tendo idéias e outas muitas vezes chego até mesmo a levantar pra anotar alguma idéia antes que ela suma. Tudo que ouco me faz refletir e buscar novos caminhos. Em toda explicacao, encontro pontos de interrogacao. Em todas solucoes, encontro possibilidades de melhoria. Em toda dificuldade, encontro uma oportunidade. Até no nada, encontro alguma coisa.

Sempre que algum amigo meu desenvolve algum projeto ou algum trabalho eu AMO dar pitacos, opinando sobre tudo, mesmo que ninguém tenha pedido minha opiniao e nunca cobro por isso. Faco porque AMO, mas amor nao paga as contas, nao é mesmo?

Tem dias que canso de ser assim. Tem dias que eu gostaria de conseguir focar em algo sólido e seguir na mesma linha, pois acho que deve ser mais fácil viver assim. Mais estável. Pessoas que vivem assim devem gerar menos expectativas sobre os outros e sobre si mesmas. Além disso, pessoas estáveis geralmente sao levadas mais a sério, logo, ganham mais apoio efetivo de outras pessoas, pois elas passam seguranca nas suas propostas.

Já os idealizadores… Nao somos inseguros, somos inconstantes e eternamente insatisfeitos. Nao somos imaturos, somos como criancas vendo possibilidades e novidades em tudo à nossa volta. Nao somos focados, somos multi-focados. Sonhamos e buscamos o caminho para transformar sonhos em realidade. Nosso foco é no novo, é no enigmático, é no aparentemente indecifrável e imutável. Somos atraídos pelo risco, pois é o nosso medo que nos move e é a nossa coragem é a forma que encontramos de superar esse medo que faz parte de nós. Somos livres e essa liberdade assusta.

Somos assim nao porque escolhemos, mas porque assim nascemos. Ser idealista nao é um defeito, nao é uma qualidade, é simplesmente humano e natural. É algo que nao se aprende e que logo nao se desaprende. Acredito que ser idealista é buscar algo único difícil de encontrar e, talvez por isso, passamos boa parte da nossa existência tentando e experimentando tudo, até o dia em que encontraremos “aquilo” que procuramos. OU, como eu já dizia quando era adolescente: “O que eu quero ser ainda nao existe, ou seja, eu mesma vou precisar inventar”. Só pode ser isso ou pelo menos assim espero, pois já estou ficando cansada nesse caminho de busca contínua e insatisfacao eterna.

AMO ser assim, mas me dói ouvir seja através de palavras ou de olhares das pessoas que eu amo: “Você é desfocada e maluca”. Isso é o mais difícil em ser idealizador: é o fato de saber que mesmo aqueles que te aplaudem, riem do seu desnorteamento e, lá no fundo, poucos acreditam de verdade no seu sucesso, mas continuar no seu caminho é, pelo menos, divertido pra todos, afinal na vida de um idealizador uma coisa é certa: a rotina inexiste.

[pinit count="vertical"]

10 Comentários para "Ser idealista"

  1. Meu marido me disse ontem que se algo que eu faço mesmo que eu goste, não me faz me sentir bem, seja por eu mesma me sentir mal ou por outros me fazerem me sentir mal, é porque eu tenho que aprender a lidar com a situação ou mudá-la de forma que eu não me sinta desse jeito. Afinal, o ser humano não deveria ser inflexível ou imutável. Falou pra eu deixar de lado a “Síndrome de Gabriela” – eu nasci assim, eu cresci assim e vou ser sempre assim, Gabrieeeeela!!!
    Ele é racional e eu sou idealista, o que nem sempre é o ideal.
    Me deu o que pensar sem idealizar tanto.

  2. Mi disse:

    eu sou super realista..analiso tudo e planejo nos minimos detalhes. Mas ninguem entende quando digo que vivo sonhando acordada…talvez pq nao deixo ninguem perceber! hehe Acho que é um jeito de compensar o realismo todo. Afinal, todo mundo precisa de um pouco de fantasia e sonhos. bjs!

  3. Rodrigo disse:

    Olha má eu acho que sou idealista, porra loca , doido, sempre atento a tudo e a todos. Como você disse uma criança. Concentração (dizem que as pessoas mal humoradas tem), pois é, qnto mais mal humorado estou mais centrado fico.

    Mas mantenho o foco nos meus desejos (pô ainda não juntei meu primeiro milhão, beleza domingo vou na feira). Eu chego lá !

    O ser humano é algo feito insatisfeito, quanto mais tem mais quer, quanto mais tem mais insatisfeito está, pois sempre querendo mais.

    Beijão

  4. Ale disse:

    Então…pq é que tem que ser assim? E o desejo de querer transformar o mundo não tem fim…
    To contigo Má…luka! 100%, acredite!

  5. valeriaamoris disse:

    Oi muiéee!!

    Amo vc, porque leio sua alma. Sabe…cada post q fala sobre seus sentimentos, sobre aquilo que acredita e como vc é; sinto-me como se estivesse me olhando no espelho. Suas palavras soam como meu auto-retrato. E sinto sua dúvida, sua dor, sua alegria, seu encantamento, suas incertezas, sua paixão pela vida e pelo novo; e acima de tudo…a busca constante por desafios que são “adrenalinas”….e o melhor: ver que o sonho tornou-se real enqto já busca um novo sonho….

    …ñ sei se fui clara, mas assim que vivo. Também faço tudo e ñ cobro nada. Já pensei que também ñ era levada a sério o qto. queria…mas hoje não penso mais assim. Porque percebi que as mesmas pessoas que riem na minha cara; as que brincam com um “tom de maldade”, são aquelas que mais precisam de mim. E outras, simplesmente, nunca falam nada na minha frente, porém nas costas relatam aos outros “que eu sou a pessoa que ele(a) queria ser”….chega parecer irônico, né?! Por quê? Por causa da nossa instabilidade? Das nossas dúvidas, incertezas que falamos sem medo, abertamente, desprovidas de qualquer “pré-conceito”? Dos nossos ideais que chegam parecer pura utopia?

    Pode ser…talvez….

    ….porém acredito que somos diferentes. Sempre olhamos além. Atribuo a nossa visão a citação de Leonardo Da Vinci de que “os olhos são a janela da alma e o espelho do mundo”.

    Há coisas que só um olhar apaixonado é capaz de perceber. É o registro que tantas vezes é vital para nos lembrarmos do que somos e do que sentimos. A imagem que capturamos é a que se torna parte de nós. O que nossas retinas captam é apenas uma pequena parte daquilo que enxergamos. Ainda bem, pois nossa alma é capaz de criar infinitos mundos além do “real”, e todos eles podem estar visíveis através da “janela”, também para quem está de fora.

    De qualquer forma, prefiro concluir de maneira que te faça refletir, como a antiga questão filosófica: a beleza é inerente ao mundo ou só existe porque somos capazes de percebê-la através da visão? Essa resposta está dentro de vc. Boa sorte em sua busca interior e se achar que não ta legal desse jeito; tente ser igual aos outros….acho que vc não gostará de ser, apenas, mais uma…

    Por fim, uma amiga muçulmana me disse a alguns meses que ela amava conversar comigo, porque me achava “a frente de todas as outras mulheres”. Não só pelo meu comportamento, mas pela minha coragem de falar o que realmente penso e de não ter medo de cair, levantar, quebrar a cara e estar disposta (mesmo que cansada) a recomeçar. Todos os dias um novo recomeço e sempre diferente. Muitas idéias, criatividade de sobra e bondade sincera, mesmo qdo as palavras são ríspidas…

    …Má, se tudo isso for idealismo d+!! Mesmo, como disse, às vezes isso cansa…mas prefiro morrer idealista. Porque meus dias são divertidos e nunca são iguais. Às vezes são extremamente doloridos. Ou dou muitas risadas ou choro ao extremo. Pelo menos comigo, não há meio termo. Sou 8 ou 80, gostaria de ter um pouco de “sanidade” pra esse meio termo q desconheço…porém em tudo tem pós e contra; e pra mim “esse jeito idealista/sonhador vale muito a pena!! Porque no fim, sempre me sinto completamente REALIZADA E FELIZ. Porque nunca desisto daquilo q acredito. Por isso minha filosofia é: “a vida é hoje e o sonho é sempre!!”.

    Amiga, no dia em que eu parar de sonhar. Acredite, estarei morta.

    Amoooooooooo-te!!
    Bjs,

  6. clo bassetto disse:

    Oi Maira! Noossa, não deu pra não comentar. Me identifiquei muito com o que vc escreveu. Idealizar muito e tudo, ao mesmo tempo que dá um prazer danado, dá uma frustação enorme na ressaca no dia seguinte. Eu queria que o departamento de registro de patentes fosse aqui na minha rua, tem um monte de coisas que eu gostaria de patentear, mas……não dá “tempo” de fazer o trajeto todo – criar, projetar, dar forma – tem sempre uma fila enorme de idéias se apertando pra aprecer na minha cabeça. Na verdade, ultimamente, tenho tido uma sensação de loucura iminente….rsrsrs…
    Acho que a gente vê tanta coisa errada (que poderia ser melhor) que fica inevitável ter idéias.
    beijocas
    Clo

  7. ana disse:

    eu me sinto assim como voce.. em todos os aspectos e feitos .. se calhar ainda n me aceitei a mim mesma, por isso nao consigo ser feliz ! gostei e vou seguir :)

  8. suelen disse:

    Você realmente consegui me entender é tão difícil ser assim.Mas estou conseguindo aceitar esse meu jeito.Sei que posso fazer a diferença,um mundo melhor.Só queria que as pessoas me entendessem mais.
    As vezes estou super feliz,mas no mesmo momento estou tão triste que prefiro ficar só, em um lugar onde possa pensar em paz!

  9. Tata disse:

    Às vezes é muito difícil ser idealista. Sonhamos, planejamos, idealizamos… E depois nossos planos vão embora quando deparamos com a corrupção, arrogância dos que detêm o poder, pessoas pisando em cima das outras para tentar subir na vida, falsidade e pouco dinheiro (porque na realidade, é ele que rege o mundo e determina se você é um pária ou nobre). Mas continuemos sonhando sonhos cor-de-rosa. Quem sabe um dia eles viram realidade? ;-)

  10. Elaine disse:

    Pensava que só eu era assim agora vi que estou enganada, não sou a única nesse mundo….

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório