Cultura

Alemanha – O primeiro mês a gente nunca esquece…

 

O que é um mês!? Talvez nada, talvez uma eternidade pra quem nao compreende o que todos em um determinado local dizem. O fato de nao entender alemao (ainda) me faz ficar mais atenta à imagens e gestos e isso me transforma praticamente numa psicóloga surda e muda… E talvez por isso minhas percepcoes tenham ocorrido tao rapidamente e tao acertivamente…

Enfim, sao “minhas” percepcoes hoje, talvez amanha eu edite esta série, talvez eu somente a complemente… O que importa é buscar compreender e aprender muito com essa nova cultura onde estarei por alguns anos mergulhada, sem pré-conceitos e com muita humildade sempre!

“Wilkommen”!!!!! Sejam bem-vindos à Alemanha, um país tao diversificado culturalmente quanto o Brasil… podem ter certeza! Sao histórias diferentes, mas na essência somos todos iguais…

* PESSOAS

Amei a frase dessa ilustracao acima! Traduzindo: “Você é a Alemanha. Soa engracado, mas é.” Ai você pergunta… “Qual é a graca!?”… Pronto já comecou a entender que somos povos completamente diferentes, inclusive no senso de humor… hehehe… Por isso adorei essa propaganda!!! Resume o capítulo… PESSOAS DA ALEMANHA! 

Alemaes… sao sem dúvida completamente diferentes de nós. Mais formais, mais conservadores, menos “invasivos” e mais francos (talvez por isso tidos como mais secos e frios). Muitos sao extremamente simpáticos e atenciosos, além de divertidos. Pois é… também existem alemaes engracados… impressionante!

Na Alemanha existem muitos estrangeiros  vivendo, logo nao me sinto uma “estranha”, ao contrário, acredito que vai chegar o dia em que os alemaes vao se sentir estranhos dentro do próprio país! Andando no centro de Stuttgart fica difícil nao se impressionar com a quantidade de estrangeiros, principalmente turcos. Os turcos aqui sao considerados os bagunceiros… e, de um modo geral, sao mesmo. Vejo que sao rebeldes e adoram ir contra as infinitas regras dos alemaes. Lógico que nao sao todos, afinal nao quero aqui tomar a postura das pessoas ignorantes que julgam uma nacao através de uma pessoa!

No geral, minha impressao é que tenho que compreender a história deles e através desta aceitá-los e me aproximar deles. Sinto que nao é fácil conquistar um alemao, você tem que mostrar que é esforcado e que é honesto. Se ele nao tiver essa certeza você continua sendo “Sie” e ele também!

Putz… o que isso quer dizer? A formalidade e severidade dos alemaes é traduzida na própria gramática alema. Em português nós temos: EU, TU, ELE, NÓS, VÓS, ELES (acho que é só…hehehe) e em alemao temos: ICH (eu), DU (vc), ER (ele), SIE (ela), ES (neutro para coisas…tipo “it” em inglês), WIR (nós), IHR (vós), SIE (plural) e, finalmente…. “Sie” (com letra maiúscula no comeco) que significa “o senhor, a senhora”!!!! E geralmente num primeiro contato com um alemao ou no comercio com pessoas desconhecidas sempre se usa “Sie”, mas quando a pessoa confia em você o suficiente, ela te “permite” a comecar tratá-la por “du” (vc)! Nao sei pra vcs, mas pra mim saber isso me fez compreender bem a seletividade dos alemaes… Mas há um  parenteses, com jovens muitas vezes pode usar de cara “du”, pois felizmente eles estao cada ano menos “alemanizados” devido à crescente ocupacao de Brasileiros aqui !!!! hahahaha

* CLIMA

Quando vim pra cá em dezembro encarei o final do outono ameno e o início do inverno nao muito rigoroso e pastei pra daná com a friaca… fora a tristeza que dá ao ver as ruas vazias, nenhuma crianca brincando nos jardins, etc. Nessas horas entendo porque os alemaes valorizam tanto quando o Sol surge.

Quando cheguei agora no início da primavera fiquei impressionada e apaixonada ao ver como se aproveita o dia de Sol até as 20hs, as pracas ficam lotadas de famílias com seus bebes e criancas, jovens enamorados se acariciando (é verdade… nao sei se sao alemaes, mas vejo cada pegada…hehehe), jogando, fazendo pique-nique, de biquini e sunga tomando Sol nos parques públicos… fora que no alto verao rola até topless!

Antes de ir para meu curso de alemao sempre fico alguns minutos e ás vezes horas no parque observando todos (foto desse parque no início do post)… vendo criancas na beira do lago dando de comer para os patos e gansos voadores. Siiiiiiiiiiiiiiiim!!! Aqui eles voam! É que sao aves migratórias (tipo eu…migratória e nao ave! humpf….), entao nao raro você olha para o céu e vê um pato voando… até ai tudo bem, agora imagina um ganso voando???? Parece um pterodáctilo (dinossauro voador)!!!!

Aqui o ar é muito seco, mas muito seco mesmo! Também tem uma fama de que na Alemanha nao se precisa de guarda-chuva, pois quando chove sao 5 minutinhos e nada mais. Mentiiiiiiraaaa…. nos últimos 3 dias choveu atééééé! No primeiro dia nao levei guarda-chuva por causa da fama dos 5 minutinhos…. “se dei mal”!!!! Mas como no mundo todo, o clima aqui está bem diferente, chuva intensa, calor intenso, menos tempo com neve no inverno, etc. No último verao tiveram dezenas de mortes dos velhinhos por causa do calor intenso. A coisa tá feia, meu povo! E, sinceramente, acredito que nao há mais como voltar aos “bons tempos”… é só trabalhar individualmente para que duremos mais algumas centenas de anos! Falou a “Nostradamos”!!!!

Mas uma coisa muito interessante que ocorre aqui na mudanca das estacoes é que o ciclo é muito nítido e mostra claramente que tudo tem sua beleza! Na primavera infinitas flores e árvores enfeitam Stuttgart, as pessoas ficam horas cuidando de seus jardins e a simpatia de todos é de assustar! Fora que dizem que os alemaes só fazem sexo na primavera e verao…kkkk… sacanagem! No verao aumenta o número de pessoas lotando os parques procurando um cantinho e um chafariz pra se refrescar. No outono a paisagem muda completamente! Poucas flores, árvores com suas folhas secas e lindas!!!! Árvores que eram verdiiiiinhas ficam marrom ou amareladas (um amarelo envelhecido) e nem por isso deixam de continuar lindas, apenas com uma beleza diferente! Ai chega o inverno …. poucas pessoas nas ruas e uma paisagem nevada linda e triste! Essa foi a melhor definicao que já ouvi de uma paisagem com neve. Uma vez na Argentina eu e o Rô pegamos carona com um caminhoneiro no meio dos Andes e comecamos a conversar sobre a beleza daquela paisagem, foi quando ele disse: “Uma paisagem com neve é linda, porém triste…”. Nunca esquecemos isso, pois ele traduziu perfeitamente!

Mas esse é o clima alemao! Sistematizado como seu próprio povo… e lindo como eles também!

* COMES E BEBES

Fantástico! Aqui eu como tudo que amo e que no Brasil nao comia porque era muito caro. O preco aqui é um bem acessível e o sabor é fantástico. Bebidas? 100 comentários, as melhores cervejas do mundo estao aqui!

Sobre a culinária alema… seria uma heresia compara-la à culinária brasileira, mas a bicha é boa pra daná… meio “gorda”, mas de vez em quando dá pra abusar um bucadinho!

Realmente nao sinto falta de nada… aliás sinto falta sim… de requeijao, mas já descobri que posso comprar em lojas que vendem artigos asiáticos/africanos! Viu? Tudo que você quer aqui você consegue! É só saber onde achar, logo tem que fucar mesmo…

Mas a maior atracao, sem dúvida, é a banana na Alemanha!!!! kkkkk…. Ela tem que obrigatoriamente entrar no país com 19cm e tem até um arco de curvatura específico que ainda nao descobri!!! É mole que alemao inventa norma até para frutos que chegam de outros países???? E aqui, sem dúvida, é o paraíso das salsichas… todos tamanhos, diâmetros e sabores! Espetáculo! Tá… também acho que esse parágrafo ficou com fortes conotacoes sexuais, mas juro que sou inocente… hehehe

E o pepino??? Hahahaha…. O pepino aqui já vem com camisinha!!!! É verdade!!!! Isso foi o mais engracado até agora!

Tem o Bretzel que é maravilhoso!!! Hummmmmm…. muuuuuitooo melhor que o “Pretzel” que é uma cópia safada…. Deu até vontade de comer um!!!!

* SERVICOS GERAIS

 Ir às compras ou aos restaurantes aqui é quase sempre um momento que pede uma boa meditacao anterior… um preparo psicológico, pois salvo excecoes, os caras sao muito estupidos ou, no mínimo, desagradáveis. Me sinto confortada porque nao é sempre, só quase sempre! Por que? Boa pergunta! Isso é uma dúvida existencial…talvez porque sao mal comidas (as mulheres) ou frustados (os dois sexos). Mas “kein problem” (nenhum problema), pois o legal é que nao entendo tudo que dizem, entao eles me xingam de idiota e eu ainda agradeco!!!! kkkk…sem dúvida meu dia continua salvo e eles devem pensar que IDIOTA em alemao é algum elogio na minha lingua!!! kkkkk

E inclusive os próprios alemaes concordam que o servico aqui é de péssima qualidade! Poucas vezes vai encontrar algum comerciante que queira realmente satisfazer sua vontade, aquele que se esforca ao máximo para que o cliente saia satisfeito e que volte com mais pessoas. Nao… aqui parece que eles nao tem o menor medo da concorrência e vc nao é o rei…. vc é o chato, principalmente se for daqueles que nao sabe exatamente o que quer e chega na loja 20min antes dela fechar… se sair vivo, agradeca à Deus!!! kkkk

Lojas do estilo da C&A, aliás a C&A mesmo aqui é uma zona! Roupas jogadas pelo chao, todos produtos misturados…. e normalmente vc é empurrada várias vezes nos corredores pelas responsáveis pela “arrumacao”…. sinceramente imagino a casa delas! Se conseguir entrar já deve se considerar um vencedor, pois a arrumacao delas parece que bagunca mais ainda o coreto! Lamentável… mas é assim … ou se adapta ou chora!!!!

* QUALIDADE DE VIDA

Invejável… nao posso dizer que nao estou encantada … seria uma baita mentira! As pessoas aqui se alimentam bem, tem seguranca garantida, tem educacao e saúde gratuita, etc. Fico pasma toda vez que passa uma velhinha com seus 80 anos pedalando do meu lado… dá desespero! Ou seria vergonha???? Hehehe…

Aqui, talvez pelo forte sentimento de individualidade, as pessoas aproveitam muito suas vidas para viajar e para ficar sentadas no jardim tomando cerveja ou café… as duas bebidas mais consumidas na Alemanha! Fora que a saúde dos velhinhos é de ferro!

E o melhor de tudo é o sentimento de seguranca…. é sair e voltar sem se preocupar! (isso pode virar um slogan…hehehe). Por nao conhecer esse sentimento, nao imaginava como ele é importante pra se ter qualidade de vida! Indescritível! Sempre li sobre isso, mas nunca consegui de verdade entender porque é tao bom nao ter medo do cara ao lado. Agora entendo porque vivo isso diariamente. E quando vejo as criancas brincando, correndo pra lá e pra cá sem medo! Impossível naquele momento nao pensar em ficar aqui pra sempre!

Fico triste quando penso assim, pois de alguma forma desisti de acreditar que teremos este sentimento de seguranca um dia em Sao Paulo ou no Brasil… estou de verdade, descrente! Nessas horas penso em todas as possibilidades de cura para uma nacao como a nossa e sao tantos “vírus” que se torna inviável um tratamento completo… O que se faz com uma plantacao infestada por uma praga???? Pois é … ou você queima ou você investe uma fortuna para recuperá-la… Quem está investindo no Brasil? De verdade e nao somente nos discursos ou nos infinitos Projetos de Lei parados no Congresso???? Enfim…

Voltando ao tópico… essa qualidade de vida é boa e ruim pra sociedade alema, porque tem muitos idosos… o povo nao vai pra glória nem com reza brava! Acredito que a expectativa de vida aqui deve ser de 90 anos! Curuzes! E isso é muito ruim para o Governo… é muita grana pra manter tantos idosos com os benifícios que eles tem direito. Ou seja, a velhice de um país pode ser positiva numa primeira análise, mas sem dúvida nao é um quadro positivo se pensar que este país velho precisa de jovens para continuar crescendo!!! Um belo conflito que a Alemanha está encarando em pleno século XXI !!!!

Aqui vive-se bem e vive-se muito!!!!! Por que? Porque aqui (em Stuttgart) se tem pouca violência (quase nada comparando com Brasil) e porque aprendemos aqui a aproveitar o dia intensamente ao ar livre quando a temperatura está agradável fazendo coisas simples como, por exemplo, um pique-nique com toalha xadrez!!!! Achava que isso só acontecia em televisao!!!! hehehehe

* CURSO DE ALEMAO E LÍNGUA

 

Enrolada, complicada, embacada…. aff… estou fazendo o intensivao com aulas todos os dias  das 13.15hs as 17.45hs… resumindo…lavagem cerebral! Cheguei uma semana atrasada para o curso, logo, a primeira semana foi trash! Sem dúvida meu maior desafio na minha vida está sendo aprender alemao… até quando eu estiver falando bem vou continuar dizendo que é difícil pra kct!!!!

Sao frases com construcoes completamente diferentes das nossas e o pior de tuuuuuuuuuuuuuuudooo eles tem, além de artigo feminino e masculino, o artigo neutro… tipo um arquivo gay! Mas o pior ainda é que nosso Sol do Brasil… o REI, aqui é RAINHA…afff… pois é… em português “O SOL”, no alemao “A SOL”… dá pra entender????

Pior ainda é que dependendo do artigo e da necessidade ou nao de objeto direto ou indireto na frase tem mudanca no artigo indefinido, no pronome possessivo e, consequentemente um nó desgracado na cabeca do peao!!!!!!!! Ahhhhh e nao há regras pra saber quando é feminino, masculino ou neutro… tem que decorar todos substantivos com seu respectivo artigo feminino, masculino ou homossexual…

Em compensacao tem muita coisa na língua alema que me deixa feliz pela lógica estabelecida… por exemplo aqui “O MUNDO” é “A MUNDO”!!!!!!!! Sempre soube que o mundo era feminino e nao masculino, oras! Até que enfim uma nacao pensou nisso também!!!! hehehehe

* SER BRASILEIRA NA ALEMANHA

Ser brasileira nao está sendo fácil em alguns momentos… sinto que infelizmente por causa de alguns brasileiros que moram no exterior de forma ilegal ou participando de situacoes mal vistas, todos nós temos que brigar para mostrar o contrário… para mostrar que como BRASILEIRA nao sou PROSTITUTA e nem preciso de um gringo pra ter uma vida confortável, que nao sou burra e ignorante, que nao sou uma miserável que roubou dinheiro para poder estar na europa e mais, que no Brasil existem pessoas maravilhosas, capazes, inteligentes e “limpas”!!!! Nao moramos numa selva!

Muitos brasileiros aqui apresentam uma postura lamentável, do tipo “eu sou o coco do cavalo do bandido”… traduzindo… um zé ninguém que nao consegue nada, que se acha incapaz e que nao se esforca nem um pouco pra mudar sua sorte! Sinto uma obrigacao patriota de provar que existem brasileiros que tem seu valor e que sabem disso! Mas infelizmente a maioria tem baixa auto-estima, sinto que é algo endêmico no Brasil.

Faco minha parte… mostro o tempo todo com gestos ou palavras que o Brasil é “riquissímo” em muitos quesitos que a maioria dos outros países nao é… falo sempre durante as aulas de alemao para todos sobre quanta diversidade cultural e religiosa existem no Brasil e o respeito que há entre todos independente de sua origem! Na sala tem um italiana, uma francesa, uma chinesa, um koreano, …. ou seja, fazem parte de culturas que em alguma época migraram para o nosso Brasil e puderam lá se estabelecer e proliferar. Gracas ao Brasil muitos estrangeiros, inclusive europeus, tiveram refúgio nos momentos mais críticos de sua história! Somos a Arca de Noé do mundo… é nisso que acredito e defendo! Sempre digo: “SOU BRASILEIRA E NAO DESISTO JAMAIS!”

[pinit count="vertical"]

18 Comentários para "Alemanha – O primeiro mês a gente nunca esquece…"

  1. Janine disse:

    Oi, não sei o seu nome nem de onde é….Mas estava procurando alguma coisa sobre a alemanha e achei isto aqui. Muito interessante mesmo, vc tem um dom de Deus para escrever impressionante.
    Estou tendo a oportunidade de fazer um au pair na alemanha, não sabia muita coisa sobre e você me acendeu uma luzinha aqui dentro.
    Você está ainda na europa ou ja retornou ao brasil?
    Vi também algumas palavras, você é cristã, evangélica?

    Abraços…..entre em contato comigo!
    21/12/2007

  2. Morgana disse:

    Olá…acho que vc não disse seu nome!!!
    Adorei o seu blog.
    Estou namorando um allemão,procurando informações tbm te achei.
    Interessante saber sobre as culturas e tudo que vc disse concordo com genero e grau.
    Beijos
    Boa sorte

  3. Maira disse:

    Oi Janine! Obrigada pelos elogios! ((-: Vou ficar por aqui mais alguns anos. AH! Sou de Deus! (((-: Nao tenho o que o homem denominou de “religiao”, tenho apenas uma forte e eterna ligacao com uma energia maravilhosa que, para nao complicar, podemos chamar de Deus! (((-:

  4. Maira disse:

    Oi Morgana! Fico feliz qdo consigo ajudar alguém a esclarecer dúvidas. Sério! É esse o objetivo desse blog e qdo o atinjo me incentiva a continuar! (((-: Boa sorte pra nós!!!

  5. Flávia disse:

    Oie, nossa, amei seu blog, HAHA, achei muito engraçado a maneira como vc fala, é bem espontâneo, bem brasileiro. Tbm sou de Sampa, e, quem dera, se aqui fosse um pouco como aí, digo pela segurança e tudo o mais. Parabéns! Beijoos!

  6. gregorio piccolo junior disse:

    adorei suas palavras, morei 2 anos numa cidade
    proxima de stuttgart, chamada Besiguein , fui muito
    feliz, a ate a perda de minha esposa,mas resumindo
    vc conseguiu arrancar todas as palavras que sempre
    tive vontade de falar sobre a Alemnha, eu amo meu Pais
    mas a Alemanha e minha segunda Patria.
    Fico feliz de ver sua paixao em mostrar nossos valores
    enfim somos um povo onde se acha de tudo um pouco.
    tambem tive problemas com o artigo gay rsrsrsr eles falam
    meu barriga .
    Beijo fique comDeus, e continue sendo essa pessoa felis

  7. analice disse:

    Viver o Brasil e saber se distinguir dentre os demais povos no mundo… é mesmo muito dificil…

    Bem, quero viver fora do Brasil… mas quero levar todo esse calor cultural…

    Penso e repenso sobre “a condição” de alguns brasileiros que vivem fora…

    Mas busco fortaleza na minha educação, nos meus valores morais, nos minhas crenças e busco nortear os meus passos….

    Nao lhe conheco mas agradeço sobre esses relatos e fotos que mostram as pecepções deste país…

    Um abraço fraterno!!!

    att
    analice silva

  8. lucia maria cury de carvalho disse:

    Grostaria de receber a receita de bretzel ou pretzel (salgado).Achei ótima a mensagem sobre os costumes da Alemanha. Já estive diversas vezes por lá. Agradeceria desde já alguma informação de receita ou site a respeito. Atenciosamente, lucia .

  9. ana paula disse:

    Parabéns! Só gostaria de lembrar que em algumas cidades do interior aqui do nosso Brasil ainda existe essa ausência de medo. Estou querendo ir para Alemanha em agosto e queria saber sobre a chuva. Chove em agosto?

    • Maira disse:

      @Ana: sim, você está certa em dizer que ainda temos lugares mais seguros no Brasil e é isso que me incentiva a voltar loguinho! :-D Sobre as chuvas na Alemanha, normalmente em agosto chove pouco e costuma ser um mês absurdamente quente por estas bandas. Mas, como disse, normalmente. Esse ano o tempo está completamente maluco, entao nao sei mais o que esperar de verdade. No mês de abril e junho, por ex., choveu horrores e só esta semana é que a temperatura realmente comecou a subir, afinal dia 21 de junho comecou o verao e já era hora de sair daquela escuridao. O único problema de agosto é que é alta temporada de férias da europa, ou seja, qquer destino vai estar entupido de turistas e os precos vao lá pro alto também. Mas sei que às vezes é a única época que muita gente no Br consegue tirar férias, entao venha e aproveite!!! Se precisar de dicas, estamos ai!!! Bjks!

  10. Giovanni disse:

    PARABÉNS PELO BLOG !!!
    eu estou indo em intercâmbio por um ano ai na Alemanha , para a cidade de Soest , em Westphalia , é muito legal ver a sua experiencia aí , está de parabéns !!
    Eu estou muito ancioso , como é um intercâmbio escolar , acho que vou ter uma experiencia um pouquinho diferente da sua , mas é como vc disse , no fundo somos todos iguais :)
    novamente , meus parabéns

  11. Renata disse:

    Olá! Adorei seu blog! Morei em 2006 por 9 meses em Tubingen, pertinho de Stuttgart. Acredito que vc conheça essa cidadezinha linda..rs. Muito bom o que vc escreveu, traduz tudo que senti qdo vivi aí. Digo vivi, pois não apenas morei. Morar superficialmente num lugar é fácil, mas procurei realmente viver e sentir tudo o que a Alemanha podia me dar..e foi muito. Meu marido foi pela empresa, portanto, tivemos que voltar qdo acabou o treinamento dele. Até hj não me conformo..rs. Mas lendo blogs como o seu me fazem reviver tudo..e sinto muito saudades. Mas valeu muito a pena. Bjs

  12. Tatiane Azambuja disse:

    Seu blog foi um milagre que apareceu para mim, é tudo o que eu precisava pra dar um salto e perder o medo pra correr atrás de realizacao! Vou ler cada dia um pouco de tudo o que vc escreveu e me inspirar na sua forca de vontade. Só tenho uma coisa a dizer: INCRÍVEL!!! Parabéns por nunca desistir e obrigada por compartilhar tantas experiências com a gente. Um super beijo e sucesso sempre!

  13. cláudio pinho disse:

    Oi, acho k seu nome é Maíra, não é?!

    adorei o seu blog. Adorei a forma k vc comenta sobre as coisas. É esclarecedor ler vc.

    comecei a estudar alemão. Tô seguindo em frente, apesar de tudo. Vamos ver o k é k dá.

    aki no Brasil, sou prof de língua portuguesa e inglesa; então, meu alemão tá sempre ancorado no inglês, com tudo k há de bom e de ruim nisso.

    qdo puder, escreva pra mim dizendo tbém acerca de escritores, cantores e outros artistas alemãs cuja obra esteja disponível em cd/dvd/internet, ok?!

    * só ressaltando, minha grafia é português de internet, tudo abrevidado qdo possível.

    Alles gute !

  14. Nuno Silva disse:

    Olá antes de mais agradeço o tempo que dedicas-te a escrever a tua experiência e a partilha-la, sou Português e estou a pensar mudar-me para Koln e ando à procura do máximo de informação possível e devo dizer que graças a vocês Brasileiros há muita informação e experiências que no fundo é o mais importante, os portugueses não perdem tempo a partilhar…realmente compreendo os estereotipos em relação às brasileiras, mas tens de confessar que há muitas que vêm dar o “Golpe do baú” e por elas pagam outras honestas e trabalhadoras, mas há que continuar e dou uma força para continuares a defender a tua nação e origem, pois eu também como Português tenho um orgulho enorme por ter sangue português, é como tudo há coisas muito boas e coisas muito más…obrigado

  15. Carolina disse:

    Adorei o blog,moro em Frankfurt a poucos meses e a alemanha e realmente tudo isso que vc diz…

  16. Paula Peres disse:

    Ola Maira, tudo bem?

    Chequei em Frankfurt na semana passada, dia 04/02/12, uma situação bem parecida da sua pelo que li…. Meu marido foi transferido pela empresa e eu larguei tudo em busca de novas experiências… Descobri seu blog hoje, adorei!!! Parabéns pela idéia e dividir tudo o que passou com outras pessoas q irão passar pelo mesmo… Começo meu curso de alemão em Fevereiro, só fico imaginando a primeira aula…. Vou boiar total, né…. Com vc foi assim? Não rola um pouquinho de inglês no começo?rsss… Mais uma vez adorei seus relatos…. Isso pqe ainda não vi tudo… Esta morando aqui ainda? Vou ficar pelo menos por 3 anos… este e o projeto… Bjs

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório