Que tal colher nuvens?

Quem nunca desejou tocar nas nuvens? Pular da janela do avião, acreditando que aquele mar de nuvens é tão fofinho que vai amortecer a queda, como se fosse um monte de algodão? Quem nunca quis morder as nuvens? Guardar as nuvens em uma garrafa? Não! Só eu tenho ainda esse desejo? Não pode ser! 😀

Pois é, voltando de Sampa hoje via Rodovia Bandeirantes não pude deixar de lembrar desse velho sonho, pois o céu de Sampa hoje estava repleto daquelas nuvens “gostosas”. Sabe aquelas bem gordinhas e cheias de pom-pom no contorno? Como são irresistíveis! Principalmente quando contrastam com um azul celeste tão raro e especial na capital. ADORO!

E, no meio da minha abstração, no meio da rodovia (olha o perigo! rs), lembrei que esse desejo vem se repetindo nos últimos dias, principalmente depois que, acidentalmente, tirei a foto abaixo no último final-de-semana. Quando tirei a foto, fiquei olhando por aquele ângulo e pensei: “Cara, já imaginou se a gente pudesse colher nuvens?” Que fosse só uma vez na vida, eu já seria a “mulher-criança” mais feliz do cosmos. E, mais, é uma das poucas coisas pela qual pagaria com o maior prazer!

Quem sabe… um dia… Sério! Afinal, se qualquer um (com muita grana) já pode até passear na lua, porque ainda é tão difícil pegar só um pedacinho de uma nuvem fofinha e inofensiva! Mundo estranho esse em que vivemos… enfim… keep dreaming… 😀

Colhe-Pague-Sonhos! 😀

Sobre Maira Engelmann

Conheça um pouquinho da história do “Retratos & Relatos” e sobre a consultora de viagens profissional que vos escreve: eu!

Esta entrada foi publicada em Refletindo e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

2 respostas a Que tal colher nuvens?

  1. glauce disse:

    Otimo Ma! Adorei a ideia de colher nuvens… keep dreaming

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *