Trabalho

TRABALHAR NA ALEMANHA – Questionário sobre condicoes de trabalho

Essa semana, chegando na minha mesa do trabalho tinha um papel. Quando li, na hora lembrei do meu primeiro emprego que durou uns 8 anos. Por quê? Vou explicar.

Era um questionário super completo fazendo perguntas sobre as nossas condicoes de trabalho. Lógico que nao precisava botar o seu na reta, ops, o seu nome. Perguntas do tipo:

- Sua cadeira é confortável?

- Você tem pelo menos dois intervalos por dia para fazer pausa (+ o horario do almoco)?

- Você tem que fazer horas extras? Quantas vezes por semana? Quantas horas a mais? Se sente adequadamente remunerado por isso?

- É bem tratado pelos seus colegas e superiores? Sente que é valorizado como profissional? Seus superiores lhe dao oportunidade de dar feedbacks?

- A temperatura do ambiente de trabalho é agradável?

- Você é obrigado a executar tarefas que nao estao descritas no seu contrato de trabalho? Sente que isso atrapalha seu desenvolvimento profissional?

Bom, quando comecei a ler, comecei a rir. Fiquei imaginando um questionário desse no Brasil. Esses alemaes tao bem pra caramba e mal sabem eles. Ou vocês acham que eles responderam que estao no paraíso? Fala sério, viu!? E eu enquanto trabalhava no Brasil, fazia muito mais do que minha obrigacao todos os dias e ainda achava bom, pelo simples fato de ter um emprego e também pelo fato maravilhoso de ter conhecido alguns dos meus melhores amigos justamente ali, na labuta. Quer coisa melhor do que trabalhar com quem a gente ama e, surpresa, isso inclui a minha cheficha. :-D

Enfim, quando vi o questionário achei uma iniciativa legal e justa (coisa de país desenvolvido mesmo), mas quando tento humildemente comparar as condicoes dos trabalhadores alemaes com nossos desbravadores brasileiros, tenho que achar graca e sentir orgulho pela nossa forca e, muitas vezes, resignacao. Me lembrei que por mais que nao me sentisse bem remunerada por tudo o que fazia ou até mesmo valorizada, me sentia feliz por estar ali. Voltava quase todos os dias sorrindo pra casa e cheia de novidades sobre tudo que estava acontecendo no mundo e na vida dos meus amigos. Aqui as condicoes de trabalho sao ótimas, mas como o povo “só trabalha” me faltam novidades quando volto pra casa. Só tenho assuntos do trabalho e acho isso um saco. Sinto falta dos conhecimentos inúteis adquiridos no meus outros empregos no Brasil. Podia nao me ajudar a ser promovida, mas pelo menos fazia mais amigos. :-D

Tá ai eu deveria ter escrito que nao estou satisfeita, pois após 3 meses ainda nao fiz nenhum amigo ali. Como será que eles iriam resolver o meu problema? :-D

Mas que seja bom enquanto dure. Sem muitos motivos pra sorrir (embora esteja feliz pela oportunidade tao almejada), sem novos amigos (apenas colegas de trabalho), mas bem remunerada (pra quem nao recebia nada há quase 4 anos) e com tempo flexível pra acabar de escrever a minha tese de mestrado e para resolver os assuntos relacionados à minha gravidez e futura maternidade. Perfeito para o meu momento atual, mas acredito que nao resistiria a longo prazo. Como diria meu guru virtual: “Seriedade demais faz mal à saúde”. :-D

PS: as jocas das figuras nao ficam mais como antigamente, com o texto logo do lado…saco…alguém me ajuda? Diz q siiiiimmm!

[pinit count="vertical"]

Um Comentário para "TRABALHAR NA ALEMANHA – Questionário sobre condicoes de trabalho"

  1. juba disse:

    oi gostei muito de seu texto, me pareceu bem convincente. Mas eu gostaria de saber se vale a pena ir a Alemanha para fazer mestrado e doutorado, como posso fazer pra isso se concretizar. E a maneira de trabalhar com os alemães. :lol:
    Obrigado! Bjs…

Deixe seu Comentário





* Campos de preenchimento obrigatório